• Jorge Alexandre Moreira

O Cemitério do Atlântico (Triângulo das Bermudas - Ep. I)

"Nós estávamos entre Porto Rico e Fort Lauderdale. Era à tarde, tempo bom e céu claro. Eu havia descido à cabina quando ouvi uma algazarra lá em cima. Subi para a ponte de comando e berrei: 'Que diabos está acontecendo?'

A primeira coisa que vi foi a bússola, girando louca no sentido dos ponteiros do relógio. Era como se algo muito violento estivesse se preparando. A água parecia vir de todos os lados. O horizonte tinha desaparecido. As águas, o céu e o horizonte se mesclavam. Nós não podíamos ver onde estávamos. Todos os aparelhos elétricos e as tomadas cessaram de produzir energia. Os geradores continuavam a funcionar, mas não recebíamos nenhuma energia." PERGUNTA: O senhor pensou no Triângulo das Bermudas? RESPOSTA: Sim. Foi a única coisa em que pensei naquela hora. Pensei: 'Meu Deus, eu vou virar outra estatística!' Entrevista com o Capitão Don Henry, do livro Triângulo das Bermudas, de Charles Berlitz



Há várias formas de se contar uma mentira.

Uma delas - das mais eficientes, talvez - é omitir o que é mais importante.

Semana passada, passeando pelo Netflix enquanto Luana roncava a meu lado, resolvi assistir ao primeiro episódio da série "documental" (ênfase nas aspas) Mundo Misterio. Era meio curiosidade, meio espionagem, confesso. O primeiro episódio da série falava sobre o Triângulo das Bermudas, que é exatamente o tema dessa semana de meu blog, Vozes do Umbral.

Pensei, "Vamos lá. Há muitas histórias do Triângulo. Centenas. Tomara que eles não resolvam falar daquela com a qual vou abrir minha série".


Pois eles resolveram.

Em 1945, uma esquadrilha de cinco aviões com pilotos experientes desapareceu em uma missão de treinamento, em uma tarde de tempo bom, próximo da costa da Flórida. Um avião enviado para procurá-los desapareceu também.

O incidente entrou para a história como o Desaparecimento da Esquadrilha 19.

Foi exatamente essa história que a equipe de Mundo Misterio escolheu para contar. Fiz que não com a cabeça. "Não acredito. É sério, isso? O primeiro episódio dos caras é o mesmo que o meu?"

Mas à medida que assistia a rápida e superficial versão do incidente, pela ótica da equipe de Mundo Mistério, meus sentimentos mudavam. Porque há um monte de pontos estranhos na história da Esquadrilha 19 que a fazem ser um dos maiores mistérios da aviação americana e eles não estavam falando de nenhum deles. Os "especialistas" disseram que a Esquadrilha 19 se confundiu na direção, foi parar no meio do oceano, ficou sem combustível e caiu. Declararam o incidente solucionado.

Lembra quando eu disse que há várias formas de se contar uma mentira?

A equipe de Mundo Mistério esqueceu alguns importantes detalhes:

*as estranhas mensagens captadas por terra, de um avião para outro, dizendo que as bússolas estavam loucas e eles não sabiam mais onde estavam;

* que o trajeto da missão de treinamento da Esquadrilha 19 tinha 650 Km, e que cada avião tinha combustível para voar 1600 km;

* que o Comandante da Esquadrilha, o Tenente Charles Taylor, tinha 2500 horas de voo, muitas delas durante a 2a Guerra Mundial, no Pacífico;

* que os pilotos tinham experiência suficiente para pousar seus aviões no mar calmo, que os TBMs são preparados para flutuar por alguns minutos, que os pilotos eram treinados para abandonar os aviões em 60 segundos, que as balsas salva vidas eram facilmente acessíveis do lado de fora das aeronaves;

* que a operação de busca foi uma das maiores da história do mundo, com 307 aviões, quatro navios, vários submarinos, 18 barcos da guarda costeira e centenas de aviões e barcos particulares, fazendo uma média de 167 voos diários a 100 m do nível do mar, durante 4100 horas ao longo de 608 mil km2.

E que nada foi encontrado.

O U.S. Naval Institute, em seu blog de história naval, disse que "5 de dezembro de 2019 marcou o 74º ano em que não se sabe o que aconteceu com a Esquadrilha 19 e a aeronave que foi resgatá-la".

Bastava eles terem assistido o Netflix.

Nessa semana, no Vozes do Umbral, uma das mais bizarras histórias de desaparecimento da marinha norte-americana.

Com todos os detalhes.

6 visualizações

CONTATO

Entrevistas, parcerias, opiniões, xingamentos:

Siga-me:

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social

* Mistérios Inexplicados

* Lendas Urbanas

* Histórias Reais Incríveis

* Livros e filmes de terror

Inscreva-se grátis, convide amigos e concorra a LIVROS!

Siga-me:

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social